Tradução: ‘Il farmacista’, de Max Gazzè

Com ‘Il farmacista’, o cantor e compositor ironizou quem tem sempre uma solução rápida e fácil para todos os problemas. Max Gazzè destaca que não se refere a um farmacêutico, e sim a mais um cientista maluco.

As misturas doidas que o personagem faz prometem solucionar todos os problemas da mulher amada, até mesmo o estresse e a vontade de ir ao shopping. Na letra, Max Gazzè cita nomes de remédios e substâncias que podem proporcionar as curas milagrosas.

Uma pena que ‘Il farmacista’ tenha ficado em 17º na classificação final do Festival de Sanremo deste ano. A música faz parte do novo disco do artista, que será lançado em abril. Assim como no videoclipe, Max apareceu no primeiro dia de apresentação vestido de Leonardo da Vinci.

Max Gazzè no Festival de Sanremo 2021

Il farmacista

(F. Gazzè, M. Gazzè e F. De Benedittis)

Polvere d’amore, tè verde, due bustine Pó de amor, chá verde, dois envelopinhos

E non mi dici più che non ti va E não me digas mais que não te agradas

Dimetisterone, poi Norgestrel in fiale Dimetisterone, depois Norgestrel em ampolas

Per chiuderci una notte in camera Para encerrarmos uma noite no quarto

Son tutte soluzioni al naturale São todas soluções ao natural

Amore mio, vedrai che male non ti fa Meu amor, verás que mal não te faz

Te le ho create io, ma in nome della scienza Criei-as para ti, mas em nome da ciência

Per quella tua tendenza alla rigidità Para aquela tua tendência a rigidez

Trifluoperazina, Stramonio e Pindololo Trifluoperazina, Stramonio e Pindololo

Un pizzico di Secobarbital Uma pitada de Secobarbital

Somministra prima di un logorroico assolo Administra antes de um solo de faladeira

E via anche questa smania di parlar E vai embora também essa ânsia de falar

Non c’è neppure controindicazione Não há nem contraindicação

Amore mio, ti dirò come si starà Meu amor, te direi como ficará

Senza il pesante tuo brusio da conferenza Sem o teu burburinho pesado da conferência

Che mi rompe l’anima Que me quebra a alma

Io ho la soluzione Eu tenho a solução

Si può fare! Se pode fazer!

Per un tormento che attanaglia, Para um tormento que aperta

Punto debole o magagna Ponto fraco ou defeito

E qualsivoglia imperfezione E qualquer imperfeição

Per tutto invento, stai tranquilla, Para tudo eu invento, ficas tranquila

Una bio-chimica pozione Uma bioquímica poção

Ma che cos’è? Mas o que é?

È quel miracolo che non ho visto mai É aquele milagre que eu nunca vi

In nessun’altra, se non te dopo la cura, Em nenhuma outra, além de ti, depois da cura

E stai sicura che stavolta è quella buona E ficas segura, que dessa vez é aquela boa

E presto mi ringrazierai E logo me agradecerás

Noci, zafferano, lavanda e passiflora Nozes, açafrão, lavanda e passiflora

Poi ci mettiamo anche del guaranà Depois colocamos também guaraná

Travasare piano l’essenza su verdura Despeje devagar a essência sobre a verdura

Contro lo shopping, è una favola Contra o shopping, é uma fábula

E per i troppi tuoi salti d’umore, E para as tuas excessivas mudanças de humor

Fiore di Bach e aggiungo vitamina E Flor de Bach e acrescento vitamina E

Ma addizionando del trifoglio rosso Mas adicionando trevo vermelho

Posso cancellarti anche lo stress! Posso te eliminar também o stress

Io ho la soluzione Eu tenho a solução

Si può fare! Se pode fazer!

Per la pettegola che origlia Para a fofoqueira que escuta escondida

Vanità, coda di paglia Vaidade, consciência pesada

O qualsivoglia imperfezione Ou qualquer imperfeição

Per tutto invento, stai tranquilla, Para tudo eu invento, ficas tranquila

Una bio-chimica pozione Uma bioquímica poção

Ma che cos’è? Mas o que é?

È quel miracolo che non ho visto mai É aquele milagre que eu nunca vi

In nessun’altra, se non te dopo la cura, Em nenhuma outra, além de ti, depois da cura

E stai sicura che stavolta è quella buona E ficas segura, que dessa vez é aquela boa

E presto mi ringrazierai E logo me agradecerás

Ma adesso aspetta, cara, c’è un problema: Mas agora espera, querida, há um problema

Questa camicia m’incatena un po’ Essa camisa me acorrenta um pouco

Me l’hanno stretta a forza sulla schiena Me apertaram com força sobre as costas

Non chiedermi perché, io che ne so? Não me pergunta porquê, eu que sei?

Ma che cos’è? Mas o que é?

È quel miracolo che non ho visto mai É aquele milagre que eu nunca vi

In nessun’altra, se non te dopo la cura, Em nenhuma outra, além de ti, depois da cura

E stai sicura che stavolta è quella buona E ficas segura, que dessa vez é aquela boa

E presto mi ringrazierai E logo me agradecerás

Io ho la soluzione Eu tenho a solução

Si può fare! Se pode fazer!

Per un tormento che attanaglia, Para um tormento que aperta

Punto debole o magagna Ponto fraco ou defeito

E qualsivoglia imperfezione E qualquer imperfeição

Per tutto invento, stai tranquilla, Para tudo eu invento, ficas tranquila

Una bio-chimica pozione Uma bioquímica poção

Ma che cos’è? Mas o que é?

È quel miracolo che non ho visto mai É aquele milagre que eu nunca vi

In nessun’altra, se non te dopo la cura, Em nenhuma outra, além de ti, depois da cura

E stai sicura che stavolta è quella buona E ficas segura, que dessa vez é aquela boa

E presto mi ringrazierai E logo me agradecerás

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts relacionados